Apêndice I - Usando Navegador light no HP 95LX

O HP 95LX não tem drive para disquete. Como então copiar o programa para dentro dele? A maneira mais simples - o que não quer dizer que ela seja realmente simples - é usar a porta de comunicações serial do LX, transferindo o programa a partir de um PC. Para isso, você deve ter o cabo serial do LX (HP part 82222A), que pode ser encontrado nos revendedores HP. Conecte o LX à porta serial do PC com o cabo.

Para fazer a transferência você deve ter no PC um software de comunicações que suporte o protocolo XModem ou Kermit. Um exemplo é o programa Terminal, que vem gratuitamente com o Windows. Se você não tem um software de comunicações no PC, pode adquirir o Connectivity Pack (HP part F1001A) da HP, que vem com software e cabo para o LX. Se você tem, compre só o cabo, que é bem mais barato.

Ative o programa de comunicações no PC e a tecla COMM no LX. Ajuste os parâmetros de comunicação no LX e no PC para 19200 bps, 8 data bits, 1 stop bit, paridade none, protocolo de transferência XModem (o protocolo Kermit pode também ser usado). Faça então a transferência binária do arquivo NAV.EXE do disquete no PC para o disco RAM do LX. Esta transferência leva em torno de 2 minutos.

Para ativar o programa no LX, use o FILER. Aponte o arquivo NAV.EXE com o cursor e tecle F4 (Run). Para mais informações sobre os programas COMM e FILER, consulte o manual do LX.

Navegador light usa somente 180 Kbytes de memória, não sendo necessária expansão de memória no LX. Eventualmente pode ser necessário um ajuste do tamanho do RAM Disk, o que pode ser feito no programa Setup.


Nota: Mantenha as pilhas e a bateria de backup do LX sempre carregadas pois o programa desaparecerá no caso de falha conjunta dos dois sistemas de baterias. As pilhas duram em torno de 2 meses. A bateria de backup, em torno de um ano. No SETUP do LX você pode ver um gráfico da carga das pilhas. Verifique a carga periodicamente e mantenha sempre baterias de reserva de ambos os tipos.



Nota: Evite usar o palm top no convés do barco. Trata-se de um instrumento delicado, não sendo conveniente que receba respingos de água salgada.


Apêndice II - Diferenças entre PCs e PALM TOPs

As duas diferenças principais entre palm tops HP e PCs são o tamanho da tela e a interface gráfica. Os palm tops HP tem tela de 40 colunas e interface gráfica própria.

Para usar o programa em palm top HP, rode o programa usando o comando NAV [Enter]. Em PCs (Laptops, Notebooks etc) use NAVPC [Enter]. A tela de 80 colunas permite que você visualize mais informações simultaneamente.

No caso de PCs, o arquivo de interface gráfica .BGI deve estar presente no mesmo diretório de Navegador light. Os arquivos de interface gráfica são:

CGA.BGI Para vídeos padrão CGA.

EGAVGA.BGI Para vídeos padrão EGA ou VGA.

HERC.BGI Para vídeos padrão Hercules.

São arquivos de dados criados pelo programa:

NAV.DAT Contém os dados (Posição Estimada, Leitura do Sextante etc)

RETAS.DAT Contém as retas de altura.

WAYPTS.DAT Contém os waypoints.

O arquivo LEIAME.TXT traz as ultimas alterações no programa, ainda não incluídas no texto do manual. Sua leitura é recomendada.


Nota: Não copie arquivos de dados (*.DAT) pela porta de comunicações usando o protocolo xmodem. Esse protocolo pode alterar o tamanho original do arquivo, causando erro na hora da leitura. Neste caso é preferível o protocolo Kermit.


Apêndice III - Implementação de Navegador light

Este apêndice fornece informações sobre as técnicas usadas na implementação de Navegador light. Sua leitura não é necessária para o uso do programa servindo apenas como referência para os métodos usados.

1) Cálculo da Posição dos Astros (Ascensão Reta e Declinação)

1.1) Sol - A posição do Sol foi calculada por fórmulas aproximadas, tendo uma precisão de 0.01° (melhor que 0.6') entre os anos 1950 e 2050.

1.2) Estrelas - Para as estrelas foram usadas como base as posições em 1/1/1993 0hs UT, sendo as posições para outros instantes calculadas adicionando correções relativas a precessão, nutação e aberração. Não foram computados os efeitos relativos ao movimento próprio das estrelas que são, de modo geral, pequenos. A precisão é melhor que ± 0.2' de grau. Posições válidas pelo menos até 2050.

1.4) Planetas - Para os planetas são calculadas as coordenadas retangulares heliocêntricas do planeta e da Terra por séries numéricas aproximadas (teoria VSOP 87). Descontado o efeito do tempo de propagação da luz, foram calculadas as coordenadas Geocêntricas do planeta e acrescentados os efeitos da nutação e aberração. A precisão é melhor que ± 0.2' de grau.

1.5) Lua - As coordenadas da Lua foram calculadas por série numérica aproximada, tendo uma precisão de ±0.7' de grau.

1.6) O GHA dos astros foi obtido pela formula: GHA=15* (GAST-RA)

Onde GAST é o Tempo Sideral Aparente em Greenwich, calculado também por fórmula aproximada com precisão de ±0.2 seg. As imprecisões combinadas dos vários valores calculados produz um erro de posição inferior a 0.7 milhas náuticas (0.7' de grau na altura calculada) para o Sol, planetas e estrelas. Para a Lua, este desvio pode chegar a 0.8 MN. Esta precisão é obtida, no pior dos casos, para datas entre os anos 1960 e 2020.

2) Solução do Triângulo de posição PXZ (usado no cálculo das retas de altura e na Navegação de Grande Círculo)

O triângulo de posição PXZ (ver figura 11, capítulo 1) foi resolvido algebricamente pelas seguintes fórmulas da trigonometria esférica:

Altura calculada Hc : sin (Hc)=sin j . sin d + cos j . cos d . cos (LHA)

Azimute Calculado Az: tan (Az) = sin (LHA) / (cos ( LHA) . sin j - tan d . cos j)

onde:

j : Latitude do observador d : Declinação do astro

LHA : Ângulo Horário Local do Astro ( LHA = GHA - Longitude do observador)

Foram usadas ainda as relações (ver fig 11): j =90°-PZ d =90°-PX XZ=90°-Hc

3) Correções da altura instrumental - A altura instrumental é corrigida com as fórmulas:

Hc = Hi + CorrTotal e CorrTotal = IC + Dip - R + SD + Par

onde:

CorrTotal : Correção Instrumental Total , Hc : Altura corrigida, Hi : Altura instrumental

IC : Correção devida ao Erro Instrumental (EI)

Dip: Correção devida à altura do olho

Calculada pela fórmula Dip = -0.97 . Sqrt(h/0.3048)) onde h é altura do olho em metros.

R: Refração atmosférica (Calculada por fórmula aproximada em função da altura do astro)

SD: Semidiâmetro do astro (Calculado para a Lua, +16' para o Sol, 0 para planetas e estrelas).

Par: Paralaxe na altura do astro (Calculada somente para a Lua, 0 para os outros astros).

4) Solução da Posição Astronômica (PA)

Para determinação da PA, são usadas as seguintes relações:

Para cada reta de altura vale:

LatQ = LatE + d. Cos Az LonQ = LonE - d. Sen Az / Cos LatE a = Az + 90°

onde:

d : Erro da estimada na direção do Azimute.

E : Posição estimada.

Q : Posição de intersecção entre a reta de azimute e a reta de altura.

a : Ângulo formado entre a reta de altura e o Norte verdadeiro.

Az : Azimute do astro.

A equação de uma reta i no plano pode ser expressa por: Lat = ai . Lon + bi

Nessas condições podemos concluir que:

ai = - cos (LatQ) / tan ai e bi = LatQ + Lon Q . cos (LatQ) / tan ai

Observe que o fator Cos(LatQ) faz a conversão de milhas horizontais para graus de longitude.

Fazendo a intersecção de duas retas i e j, temos:

LatX = ( bi . aj - bj . ai ) / ( aj - ai) e LonX = ( LatX - bi ) / ai

onde X é o ponto de intersecção das duas retas.

A Posição Astronômica é determinada fazendo-se a média ponderada das coordenadas de todos os cruzamentos, como segue:

L= S (Lij . cos aij ) / S cos aij ,p/ todo i diferente de j

Onde Lij é a latitude ou longitude do cruzamento das retas i e j e aij é o ângulo entre elas. O uso do cosseno para ponderação dá menor valor a cruzamentos de retas que tenham inclinações semelhantes.

Preencha o cartão de registro abaixo, destaque esta folha e envie por carta ou fax para:

Navegador light - Orion Astronomia e Navegação

R. Dr. Alberto Seabra, 448

CEP: 05452-000 São Paulo - SP

fax: (011) 831-2150

Fazendo isso você receberá informações sobre futuras atualizações deste programa e sobre outros assuntos relacionados à tecnologia de navegação e astronomia.

Navegador light - versão 1.0 para DOS - Cartão de registro

Nome : ___________________________________________________________

Endereço: _________________________________________________________

Cidade: ____________________ Estado: ____________ CEP: _____________

Fone: _________________ Fax: ___________________

Onde adquiriu o programa: ______________________

Como ficou sabendo da existência do programa: _______________________

Tem conhecimentos de navegação costeira?  sim  não ____ anos

Tem conhecimentos sobre navegação astronômica?  sim  não ____ anos

Já fez algum curso de navegação astronômica?  sim  não qual? ___________

Tem interesse por outros tópicos em astronomia?  sim  não

Tem carteira de:  Arrais Amador  Mestre Amador Capitão Amador ___ anos

Comentários:

Õndice do manual


e-mail orion
©Copr 91-96 Omar F. Reis